aprenda com

Orminda Ribeiro de Araújo

79
 anos
RJ, Rio Comprido

“Eu quero ensinar sim, acho dá pra tirar 1 horinha depois do trabalho e vir aqui aprender a fazer um tercinho, né?”

Todos os dias, pontualmente 9h, Dona Orminda – que era pra ser Carlota – chega em uma esquina em Botafogo, com seu carrinho. Costureira profissional aposentada, agora ela vende balas para complementar a renda.

Seu único dia livre é domingo, quando vai à Igreja. Foi lá, em um cursilho, que ganhou um terço de crochê, gostou e aprendeu a fazer, talvez pra reviver a história. Os dias de costura profissional terminaram devido ao inchaço nos pés, pelas longas horas sentadas.

Os terços de crochê ficam timidamente expostos no seu carrinho de balas e ela tem alguns clientes fiéis. A maioria sabe que ela também costura roupas por encomenda e revende cosméticos.

Orminda passa o tempo fazendo os terços ou costurando alguma coisa quando o movimento é baixo e não pretende parar.

Aprenda com 

Orminda Ribeiro de Araújo

Artesanato
Costura
Crochê
Culinária
Bordado
Jardinagem
Tricô
Ponto Cruz
Pintura
Patchwork
Reciclagem
Bijuterias
Todos os campos são obrigatórios.

Cadastro enviado com sucesso!

Nossa equipe irá analisar o seu perfil e, em breve, ele estará no nosso site.

Voltar para a home
  Ocorreu um erro ao enviar o formulário. Confira os campos e tente novamente.
narrativa + circuito eletrônico + estampa + carimbo + costura +  fabricação digital + design + marcenaria + bordado + conteúdos digitais + memórias + afetos 💜
Conheça o 60+